sexta-feira, 30 de abril de 2010

Mais uma copa, garotas

É a nova música de Tom Zé!

Confiram a letra:

MAIS UMA COPA, GAROTAS

(Tom Zé)

LÁ VEM MAIS UMA COPA
CORAÇÃO JÁ SE CONVOCA
A PÁTRIA DE CHUTEIRAS
TUDO MAIS SE JOGA PELA RIBANCEIRA

O TRÊM DA ALEGRIA VAI LEVAR
TODA A TURMA DO FUNIL
CONTRABANDO NA BAGAGEM
DO CARTOLA ORA BOLAS É BRASIL

TODA GAROTA VAI AGORA
ENTENDER DE FUTEBOL
E COMO SEMPRE COMPETENTE
OPINAR DE CALCANHAR
SE DESCUIDAR VAI DAR LENÇOL
SE DESCUIDAR VAI DAR LENÇOL

4–2–4 É SUICÍDIO
E 4–3–3 AINDA É PERIGOSO
ELA NÃO QUER
VER A DEFESA SE ARRISCAR
NEM DAR SOPINHA PRO AZAR
LÁ VEM MAIS UMA COPA...

Escute na íntegra no Blog de Tom Zé: http://tomze.blog.uol.com.br/arch2010-04-25_2010-05-01.html

O Brasil de verdade apoia o Blog Gente que Mente!

Apoio total aos amigos da verdade, que assim como eu, lutam por um país contra os tolos. Equipe do Gente que Mente, não se preocupem, a verdade é uma só. Os petralhas estão errados e agora querem acabar com a liberdade de expressão, assim como Chavez fez e faz na sua ditadura esquerdista.

Divulgando uma matéria do blog Gente que Mente:

Lula bravateia com salário mínimo


MENTIRA

“O salário mínimo, graças a um aumento real de 74% ao longo do governo, é o mais alto dos últimos 40 anos.”(Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em cadeia nacional de televisão, 29/04/10.)

A VERDADE

Lula exagerou 26,6 pontos percentuais em seu pronunciamento pelo Dia do Trabalhador. O aumento real do salário mínimo no governo do PT, descontada a inflação, foi de 49,5%. Apenas dois pontos percentuais acima do aumento de 47,4% do governo do PSDB, que foi quem de fato começou a recuperação e valorização do salário mínimo, apesar da conjuntura internacional adversa, com a economia crescendo menos naquele período.

http://www.gentequemente.org.br/

Demagogos atentam contra a democracia representativa

Outro dia fiz uma apresentação no colégio(estadual; estudo na rede pública de ensino do Estado de SP, que cresceu e se desenvolveu muito com José Serra, queiram ou não os petralhas)onde abordei o populismo, fator político, que Lula sempre pregou. Sabendo que esta ação política tem por objetivo usar do povo contra a democracia representativa, exemplifiquei falando do apoio integral que os populistas(Lula, Dilma, PT e aliados) dão ao MST, contudo, nunca fazem nada para resolver. O que seria do PT e da esquerda sem os miseráveis? Sem os movimentos sociais que geram tanta baderna? Eles não teriam discurso, a reforma agrária não é boa para o governo deles, assim também como a extinção das favelas. Ou vocês acham que eles vão acabar com o sistema de compra de votos, que desenvolvem de quatro em quatro anos, dentro das comunidades carentes? São dentaduras, sacos de cimento, tijolos, cestas básicas, e tudo o que satisfaz a necessidade inicial do povo, mas que a longo prazo, não resolve o problema real. O pior de tudo é que o povo não pensa nisso, enquanto estão ganhando, estão felizes, não se importam, afinal, como os petistas são bonzinhos, né?
Enquanto houver populismo, não veremos os morros apenas com árvores e campos, veremos um verdadeiro curral de votos, sustentado pelo discurso demagogo da esquerda, que faz com que as pessoas menos informadas, acreditem em toda esta lorota de socialismo.

Vamos falar de história?

alt=""id="BLOGGER_PHOTO_ID_5466107300738043490" />
Este filme é ótimo, vale a pena assistir. É com uma obra como esta, que a compreensão de como foi a Guerra de Canudos fica mais fácil.

Havia a ideia de que Antonio Conselheiro e seu povo queriam depor a República, voltando ao governo monárquico. Apesar de nunca ter sido provado, o Exército Republicano não pagou para ver, e bombardeu incansavelmente a aldeia.

O quadro acima retrata bem a realidade da época. Sinceramente, guerras são guerras, não existem batalhas deste tipo com dois vencedores. Alguns morrem para outros ganharem, não é assim que funciona o processo? Pois bem, o Exército Republicano ganhou e evitou uma possível deposição do governo. Cada um que escolha seu lado: Monarquia ou República? Eu fico com a República!

McDonald's mira classes C e D no Brasil

Por Veja.com

De olho no crescimento das classes C e D e da falta de tempo das pessoas para cuidar da alimentação, o colombiano naturalizado argentino Woods Staton, que há três anos comprou as operações do McDonald's na América Latina, tem planos ambiciosos para os próximos cinco anos no Brasil. Ele quer abrir duas lojas por semana e chegar ao sertão do país. "Nosso público são as pessoas que pertencem às cidades, que têm pouco tempo para comer", afirma o empresário. "Esse estilo de vida e a dinâmica nas cidades são bons para nós. É uma mistura entre o hábito de consumo e a falta de tempo."

Como os grandes centros urbanos brasileiros estão abarrotados de redes fast food e suas populações vivem bombardeadas por campanhas de boa alimentação, Staton aposta no interior do paísl. É nas regiões remotas que ele enxerga as melhores oportunidades de negócio. Para se ter uma ideia, no ano passado, ele levou a rede de alimentação fast food para cidades como Caruaru (PE), Vitória da Conquista (BA) e Porto Velho (RO).

A estratégia de expansão da rede no país faz parte dos planos do empresário para a América Latina. Quando ele comprou a operação, os resultados eram os piores do mundo. Hoje ele é dono da maior operadora de restaurantes da América Latina e da maior franquia da rede. Presente em 19 países latino-americanos, ele vendeu 3,6 bilhões de dólares no ano passado.

Neste período, a empresa inaugurou 68 novos restaurantes, 41 McCafés e 145 quiosques. Deste total, 102 pontos de venda estão no Brasil. Em média, são 3,5 milhões de clientes por dia na América Latina (1,6 milhão só no Brasil) e 250 mil Big Macs. O consumo mensal da rede na região também mostra a grandiosidade do empreendimento. São 4750 toneladas de carne bovina, 733 toneladas de alface, 917 toneladas de queijo, 833 toneladas de ketchup e 4.000.000 dezenas de pães.

Para o empresário, o McDonald´s não é um vilão da saúde e está se adaptando aos novos tempos. Começará, por exemplo, a fazer propagandas em sua loja sobre exercícios físicos. Ele garante que consome pelo menos um produto da marca por dia. Mas confessa que se defende dos efeitos negativos desta alimentação fazendo caminhadas religiosamente.

Por que o sr. resolveu comprar o McDonald's na América Latina em 2007, no momento em que as lojas registravam os piores índices de lucratividade da rede no mundo?
A companhia decidiu vender as operações na América Latina e nós achamos que era um bom negócio. Na verdade, achamos que tinha muito espaço para ganhar eficiência operacional. Além disso, por muito tempo a companhia tinha parado de investir na América Latina e no mundo. Nós estávamos dispostos a acreditar na América Latina e no Brasil. Temos crescido e aberto lojas.

Mesmo em uma época de preocupação com a qualidade da alimentação e de vida, o McDonald's bateu recorde de lucro na América Latina e de expansão no Brasil. Por que isso ocorre?
Sempre tivemos comida de boa qualidade e cuidamos muito dos produtos. Às vezes somos criticados, mas as pessoas visitam uma loja do McDonald´s, em média, 1,8 vezes ao mês. Se você vai comer uma vez ao mês ou duas não terá problemas de saúde porque comeu conosco. E tudo que vendemos é de alta qualidade. Além disso, cada vez mais temos produtos com pouco sal, estamos com opções mais saudáveis para crianças - sucos em vez de refrigerantes, saladas, milho verde etc.

É uma espécie de adaptação a essa era da alimentação saudável?
Não é uma adaptação a nenhuma ditadura. É uma adaptação ao que o freguês está pedindo. Cada vez mais você vê águas com sabor, produtos com sucos. Estamos colocando esses produtos ao alcance do cliente. Em toda história há modificações nos hábitos e nós estamos acompanhando. Por isso mesmo, investimos nos McCafés. As pessoas querem, cada vez mais, lugares para sentar e ficar tranqüilos. Nós oferecemos isso.

Este ano, vocês irão abrir a loja de número 600 no Brasil. Em 2009, chegaram a cidades do sertão, como Caruaru (PE). Que clientes estão procurando?
Especialmente no interior do país, há cidades que vão crescer e ser pólos econômicos importantes. Nós temos que estar ali. Na medida em que o Brasil cresce e a classe média cresce, com uma melhor distribuição de riqueza, cada vez mais temos o público que estamos procurando.

Que público é esse?
Nosso público são as pessoas que pertencem às cidades, que têm pouco tempo para comer. Esse estilo de vida e dinâmica nas cidades são bons para nós. É uma mistura entre o hábito de consumo, falta de tempo e também ter um carro para passar pelo drive-thru.

Como as cidades do interior se encaixam nesse perfil?
Temos um plano diretor para os próximos cinco anos para entrar nessas cidades. Claramente, elas serão uma parte muito importante de nosso negócio. Vamos seguir o crescimento grande do Brasil, de cerca de duas unidades por semana. Temos muita confiança no Brasil e queremos ser parte desse crescimento. Nós somos seguidores de onde vai o público. Se são abertos novos shoppings, colégios, bairros, isso é interessante, e nós vamos para satisfazer uma necessidade desse conjunto de gente.

Durante a crise da Argentina, no começo dos anos 2000, o sr. conseguiu um crescimento nas vendas, com promoções para taxistas, por exemplo. Qual a importância da nova classe C nos resultados no Brasil e em outros locais da América Latina?
A classe C está entrando na economia, passa a ter poupança, família, encaram uma vida profissional e tem dinheiro a gastar. Foi justamente nesse mercado que o McDonald´s começou, nos Estados Unidos. Na época que tentamos vender para as classes D e E não funcionou, porque as lojas eram menores e não tinham o menu inteiro. O McDonald´s é uma loja aspiracional.

O que é uma marca aspiracional?
Veja, por exemplo, a Venezuela. Há muita gente entrando no consumo agora, têm emprego, são jovens. Eles não têm dinheiro para ir a Miami, comprar uma geladeira ou um forno novo, uma TV nova. Mas têm dinheiro para ir ao cinema e sair para jantar. Eles vão ao McDonald´s, porque é um ambiente moderno, americano, é diferente, tem pessoas simpáticas. É aspiracional. Eu tenho ouvido isso, é como ir a Miami.

Os EUA passam por uma forte onda de publicidade contra fast food e pela qualidade de vida. O chef Jamie Oliver vai iniciar um reality show na cidade mais gorda da América. Com o aumento da preocupação nos EUA e Europa com a qualidade de vida, a América Latina se torna um mercado cada vez mais atrativo para as redes de fast food?
Não vejo uma onda nos Estados Unidos e sim uma consciência de que tem que ter uma vida muito mais ativa. Nos Estados Unidos, eu sei que os orçamentos dos colégios estão sendo cortados e algumas das coisas que estão sendo eliminadas são os recreios, professores de educação física e treinadores. O que acontece é que as crianças acabam as aulas, vão para casa e ficam vendo desenhos animados em casa. É um estilo de vida. O que temos que fazer, e nós vamos fazer parte desse processo, é convencer as pessoas de que o bem-estar, necessariamente, inclui uma vida ativa. Fazer exercício é bom e absolutamente necessário. Por isso mesmo,temos campanha para ensinar as pessoas a ter uma vida balanceada. Não estamos fazendo o suficiente, teremos que fazer mais. No papel das bandejas, temos o conteúdo das calorias, sódio, gordura saturada etc. E vamos explicar os ganhos de exercícios.

O sr. passou mais de 20 anos mergulhado no chamado "Sistema McDonald's". O que o sr. Destaca neste período?
Eu passei um ano nos EUA e comecei nos restaurantes, limpando banheiro, cozinhando, atendendo no balcão, fazendo estocagem de noite, de manhã. Fiz todos os estágios que todo mundo faz. Isso é bom porque, quando você vai numa loja, todo mundo tem uma língua comum. Se você fala que o banheiro precisa ser limpo, todo mundo sabe exatamente quais os padrões a ser adotados.

O sr. falou que, em média, as pessoas vão 1,8 vezes por mês ao McDonald´s. Quantas vezes por semana o sr. consome um de seus produtos?
Todos os dias. Mas pratico esportes todos os dias também. Uma hora de caminhada ou 40 minutos de musculação.As pessoas falam do filme Supersize Me [documentário de 2004, no qual o cineasta Morgan Spurlock segue uma dieta de 30 dias comendo exclusivamente no McDonald's]. Ele sentou e comeu 6 mil calorias por dia, mas não fez exercício nenhum. Obviamente, engordou. Eles usam McDonald´s como ponta de lança, o que não é correto.Um banqueiro na Suíça fez a mesma coisa, comeu em uma loja do McDonald´s todos os dias, mas fez exercícios. Além disso, ele comeu salada, comeu às vezes cheesburguer, às vezes Big Mac, às vezes suco.

PROGRAMAÇÃO DA VIRADA CULTURAL


Meus queridos amigos, tudo bom? Devido aquela correria maluca que me submeto diariamente, estou postando em menor escala. Muita coisa para fazer, pouco tempo. 24 horas por dia não são suficientes, a não ser, na Virada Cultural, que dinamiza o tempo com maravilhosos eventos indispensáveis. Vale a pena conferir a programação nos links abaixo:

Site oficial da Virada Cultural com programação completa: http://viradacultural.org/programacao

Link da Folha Ilustrada com programação de Shows musicais:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u726568.shtml

(Copiem e colem o link na barra de navegação, ainda não descobri neste blogger o recurso de redirecionamento direto, hehe)


Nos encontramos na Virada. Acreditem, estarei por lá!

Abraços.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Palavras...

Veríssimo já dizia que não é revisor textual. Os textos são dele, escreve como quer. Faço dessas palavras, as minhas!

Respondendo à um canalha preconceituoso

Caros leitores, algum cidadão imbecil e detrator dos direitos de liberdade de expressão, deixou alguns comentários em meu blog. Em respeito as pessoas de bem, respondi apenas um deles, que segue abaixo. Os outros, excluí!
O comentário dele está na postagem "DEMAGOGIAS DA REDE RECORD", que publiquei ontem.
Abaixo, reproduzo o comentário e minha resposta:

"Anônimo disse...

Pelo seu belo "argumento" contra a manifestação religiosa da Igreja Universal, você também, logicamente, é contra os comícios, contra os shows em praça pública e , olhe que legal, pricipalmente para você, que defende o homoxessualismo, VOCÊ TAMBÉM É CONTRA AS "PARADAS GAYS"! Pelo menos na questão das "paradas gays" nos estamos de acordo: só trazem lixo, atrapalham o trásito, é imoral e ofende os bons costumes, é poluição sonora e principalmente poluição visual!"


"Iago José disse...

O canalha acima, que não se identifica porque é um covarde, deixou diversos comentários preconceituosos nas postagens sobre homossexualidade, aqui do blog. Em defesa a uma sociedade de valores, de pessoas dignas, honestas, vou responder à este imbecil:
1)Sou contra comícios, shows em praças púlicas, manifestações, greves e paradas gays, sim! Nunca concordei com nenhum tipo de movimento ou reivindicação que interferisse no direito de ir e vir das pessoas. Quem realmente é leitor do meu blog sabe disso, pois já deixei isso bem claro por aqui, várias vezes.
2)Não defendo "homossexualismo", porque o prefixo -ismo- é sinônimo de doença, e estamos proibidos de pronunciar esta palavra, pois a homossexualidade não é uma doença.
3) Não estou de acordo em nada com você seu canalha vagabundo. Você desenvolveu comentários de ordem preconceituosa e não posso estar ao seu lado, em opinião, por motivos óbvios e racionais: Não sou preconceituoso e nem homofóbico, como você!
E tem mais: Parada gay não ofende "bons costumes", o que é bom costume para você? Pontos de vista, são pontos de vista. Sou contra a parada gay, assim como qualquer outro tipo de manifestação que interfira no direito de ir e vir e na liberdade individual das pessoas, além de outros fatores que com certeza NÃO estão relacionados ao preconceito e a homofobia.

Caros leitores, não vou publicar os outros comentários que este cidadão deixou aqui no blog. Vocês não merecem ler este tipo de conteúdo imoral e ilegal.
Vou excluir imediatamente os outros comentários."

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Ex-primeira-dama americana revela em livro detalhes de sua vida



Por Veja.com
NOVA YORK, EUA (AFP) - A ex-primeira-dama americana Laura Bush revela em um livro detalhes inéditos de sua vida, incluindo uma suposta tentativa de envenenamento contra ela e seu marido durante uma visita à Alemanha.

O New York Times divulgou nesta quarta-feira antecipadamente trechos do livro "Spoken From the Heart" (Falando de coração, em tradução livre), cuja publicação é anunciada para a próxima terça-feira pela editora Simon & Schuster´s Scribner.

Em suas páginas, Laura Bush revela que ela, o então presidente George W. Bush e vários membros da delegação americana foram vítimas de uma suposta tentativa de envenenamento durante uma conferência do G8 em 2007.

Todos ficaram misteriosamente doentes e o presidente precisou permanecer de cama por boa parte da viagem. Os serviços secretos criaram a hipótese de um envenenamento, ainda que os médicos tenham concluído que se tratou de um vírus.

"Nunca soubemos se outras delegações também ficaram doentes, ou se a nossa, misteriosamente, foi a única", escreve Laura, de 63 anos, que lamenta em outros trechos do livro os ataques verbais de vários políticos contra seu marido.

Laura Bush aborda ainda aspectos de sua vida que nunca havia exposto, incluindo um acidente no Texas em 1963 aos 17 anos, quando dirigia um automóvel e que causou a morte de um colega.

A ex-primeira-dama relata que foi jogada para fora do Chevy Impala que dirigia devido ao impacto. Após a batida, "rezei durante todo o tempo para que a pessoa do outro carro estivesse viva", escreve.

Laura Bush admite que ela e uma amiga que a acompanhava estavam conversando quando ocorreu a batida, que custou a vida do jovem Mike Douglas, um estudante da mesma universidade e um atleta popular.

"Nesse mês de novembro perdi minha fé por muitos anos", conta Laura. "Era a primeira vez que pedia algo a Deus". "A única resposta que recebi", acrescenta, "foram os soluços da senhora Douglas, do outro lado da fina cortina da sala de emergência.

Homossexualidade!

Vejam meu comentário no blog de Reinaldo Azevedo.
Certas coisas ainda impedem a sociedade de pensar racionalmente. A imbecilidade é uma delas. Casais gays adotarem crianças, desde que estejam aptos a isso, reduziriam os números de crianças em orfanatos, além de legitimizar algo que já é legítimo nos conceitos de sociedade moderna, sem preconceitos, afinal, homossexualidade não é crime e nem demérito para ninguém.
Os filhos adotados por homossexuais, com certeza, terão de responder muitas perguntas, mas acredito que com o tempo, a cultura ética e moral das pessoas mude.

Completo meu comentário:

O preconceito que a sociedade arrebentada está vivendo hoje, é fruto de gerações passadas, que não entendem certas verdades, previstas em lei. Alastram este preconceito, como se fosse algo legítimo, bonito, digno de uma medalha de sensatez, de cumprimento do dever. E quem sofre com isso? Os próprios divulgadores destas atitudes, pois são nestas famílias, que na maioria das vezes, nascem filhos homossexuais, ou melhor, como diz o artigo de Reinaldo Azevedo, os homossexuais surgem em famílias de heteros, na maioria das vezes. Então, tudo é fruto de uma cultura ultrapassada, que ainda influencia jovens e adultos a pensar desta maneira. A tendência é esta cultura ser reduzida, pois se as idéias individuais não condizem com o estado de direito, vamor transformar esta sociedade arrebentada em um caos maior ainda.

O DIA D....ATRAPALHAR A VIDA DOS OUTROS

No post abaixo, abordei a questão do evento da Igreja Universal, no Rio de Janeiro. Volto a este assunto, agora, com uma matéria do Diário de São Paulo, do dia 21 de abril, que aborda o mesmo evento, só que em SP. Depois comento.

Evento da Universal cria o caos no trânsito
Fila de ônibus que levavam os fiéis para o autódromo deixou 16 km de lentidão na Marginal Pinheiros

O Dia da Decisão ou "Dia D", foi celebrado pelos fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus em 27 capitais nesta quarta (21). Em São Paulo o evento, que reuniu cerca de 2 milhões de pessoas, segundo a Polícia Militar, atrapalhou o trânsito do paulistano, que passava pela Zona Sul da capital em pleno feriado. No início da tarde, uma fila de ônibus que traziam os fiéis para o Autódromo de Interlagos, causou uma lentidão de 16 quilômetros, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Centenas de ônibus ficaram estacionados nas ruas da região.

“Isso aqui está uma bagunça. Acho que faltou organização dos responsáveis pelo evento. A CET só está aqui para multar e não passa nenhuma orientação. Se eu soubesse desse evento teria evitado a região”, disse o motorista particular João Alves, de 38 anos, que estava a uma hora estacionado na Avenida Interlagos. “Consegui percorrer cerca de 100 metros nesse período”, reclamou. De acordo com a CET, o deslocamento dos ônibus fretados na região também afetou o trânsito na Avenida Robert Kennedy, que registrou mais de dois quilômetros de lentidão. Já corredor Norte-Sul ficou com quatro quilômetros de trânsito.

O prefeito Gilberto Kassab (DEM), que chegou ao local de helicóptero, elogiou a Universal pela organização. “Além de festejar o evento vim para entender a logística e melhorar para as próximas edições. Mas ao logo do dia não tivemos nenhum transtorno”, disse Kassab. Ele disse que o autódromo é o melhor local da cidade para a realização de grandes eventos.


Comento:
Vocês viram acima claramente a posição de um motorista que passava próximo ao evento em São Paulo. Imaginem então, o caos que foi instaurado no Rio de Janeiro.

O Senhor Gilberto Kassab mais uma vez mostrou que é incompetente. Como é que pode não ter ocorrido nenhum transtorno? Talvez no céu, onde ele estava com seu helicópterto, realmente não tenha ocorrido nada, agora, será que lá de cima, não se vê nada aqui em baixo? O que Kassab fez, foi fechar os olhos para a realidade, mais uma vez...

Rio quer proibir evento
A Prefeitura do Rio de Janeiro pediu desculpas pelo transtorno causado pelo evento da Igreja Universal do Reino de Deus, que ocorreu na Enseada de Botafogo. A administração municipal prometeu não autorizar eventos deste tipo. Segundo a PM, o culto reuniu um milhão de pessoas, embora a previsão fosse de apenas cem mil.

“Não dimensionamos corretamente o evento por termos sido informados pelos organizadores que a quantidade de ônibus para levar os assistentes ao show seria menor”, diz a nota da prefeitura.

O evento começou às 15h, mas desde cedo o trânsito deu um nó. O Túnel Santa Bárbara precisou ser fechado no sentido Laranjeiras. O trânsito ficou lento no Túnel Rebouças desde o Elevado Paulo de Frontin até a Lagoa Rodrigo de Freitas.

A estação do metrô em Botafogo precisou ser fechada, por volta das 19h, para evitar superlotação. Em Copacabana, o trânsito ficou parado tanto na orla como na Avenida Nossa Senhora. A Avenida Borges de Medeiros, na região da Lagoa, também ficou congestionada nos dois sentidos.


Comento de novo:
Aí está outro exemplo da baderna que o evento causou. A prefeitura do Rio de Janeiro tem mesmo de proibir qualquer tipo de tumulto como este, e outras prefeituras deviam adotar tal medida. Querem fazer algazarra? Que façam em propriedades particulares.

DEMAGOGIAS DA REDE RECORD

Domingo, no semanal "Domingo Espetacular", foi apresentado aos telespectadores, a revolta desnecessária da Rede Record para com as Organizações Globo. Na matéria, os jornalistas da Record tachavam o jornal O Globo, como preconceituoso, pois criticava o evento de ordem religiosa que havia sido realizado no Rio de Janeiro, nas ruas e praias da cidade, impedindo que muitas pessoas usassem as vias de acesso para algo realmente importante. Os argumentos são fúteis, dignos de uma briga por audiência que a Record faz questão de pregar. Não vou nem entrar no mérito dos processos e acusações que existem contra a Igreja Universal do Reino de Deus, totalmente ligada à Record. Vou tratar apenas do evento:
Manifestações, sejam elas de qual ordem for, atrapalham e interferem no ciclo cotidiano do lugar em que ocorrem. Não há necessidade de realizar tamanha bagunça para transmitir as pessoas os fundamentos religiosos que cada igreja prega. Agora, causaram congestionamentos, lixo, poluição visual, ambiental e sonora, e ainda querem ser tachados como bonzinhos? Outra coisa que atiçou os nervos dos bispos da Igreja Universal, foram algumas comparações que o jornal O Globo fez, com relação a Igreja Universal, associando o evento ao inferno. E não está certo? Eu também sou da idéia de que eventos deste porte, em área pública, devem ser proibidos, pois interferem nos direitos individuais de quem não tem nada a ver com tudo aquilo, além de atrapalhar os cidadãos que circulam e moram nestas regiões. Este é o retrato do populismo religioso; pior: da briga imbecil por audiência.

terça-feira, 27 de abril de 2010

SERRA DIZ QUE VAI CRIAR O MINISTÉRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA

Do Blog de Reinaldo Azevedo. Depois comento.
José Serra concedeu entrevista a José Luiz Datena, na Band. A exemplo do que fez com Dilma, o apresentador pediu a Serra uma manchete, algo que estará nos jornais amanhã. Na sua vez, a manchete da petista foi esta: “Eu gostei muito da entrevista cocê”. Talvez o tucano tenha aproveitado melhor a oportunidade: “Vou criar o Ministério da Segurança Pública para combater o crime organizado”.

Comento:
Vejam como o interesse em governar é muito relativo. Dilma, a imbecil travestida de mulher do povo, só sabe aparecer na imprensa. O negócio dela é chamar atenção e detonar a língua portuguesa, só isso, nada mais. Já José Serra, se mostrou comprometido com a Segurança Pública de nosso país, além de ter feito uma ótima gestão na mesma área quando foi governador de São Paulo. Sei o que estou dizendo porque sou do Estado de SP e acompanhei toda sua gestão memorável.
É uma mulher como Dilma, guerrilheira e exibicionista, que vocês querem para o Brasil? Ou será Brázill?

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Cerca de 2.000 sem-teto participam de protestos em SP, diz movimento

Por Folha Online. Depois comento.
Cerca de 2.000 pessoas participam desde a madrugada desta segunda-feira de uma série de protestos e ocupações na região central e na zona sul de São Paulo. A estimativa é do próprio movimento, que afirma haver cerca de 700 pessoas em protesto em frente à prefeitura, no viaduto do Chá.

Segundo a coordenadora do MSTC (Movimento dos Sem Teto do Centro), Ivanete de Araújo, o grupo ocupa ainda dois prédios, sendo um do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) localizado na avenida Nove de Julho, e outro --particular-- na rua Prestes Maia. Araújo. Ela diz que 412 pessoas estão no primeiro imóvel e outras 237, no segundo.

Apesar da afirmação do movimento, a PM afirmava, por volta das 12h, não ter confirmação das duas ações. A corporação informou não ter informações sobre a invasão de um terreno particular de aproximadamente 10 mil m2 localizado na rua Henry Martim, no M'Boi Mirim, onde o movimento afirma haver cerca de 600 pessoas desde a madrugada.

Araújo destacou que as pessoas que participam das ações são pessoas despejadas de outros locais, pessoas que deixaram de ser atendidas pelo bolsa-aluguel, vitimas de chuvas, entre outras. Ela ainda destaca que as ocupações continuarão por tempo indeterminado. Apesar disso, uma reunião com representantes da Prefeitura de São Paulo deve acontecer ainda na tarde de hoje.

A ação é liderada pelo FLM (Frente de Luta por Moradia), que é composta pelo MSTC (Movimento dos Sem Teto do Centro), MSTRU (Movimento Sem-Teto pela Reforma Urbana), MJI (Movimento Jardim Ipanema), Movimento Terra da Nossa Gente e Fommaesp (Fórum de Moradia e Meio Ambiente do Estado de São Paulo).

Comento:
São tantas siglas que até me confundo. A palhaçada é tão grande que ninguém sabe ao certo o que está realmente acontecendo.
Primeiro ponto: Invadir propriedades, de acordo com o Código Penal, é crime, ou pelo menos, era. A polícia não deveria pensar duas vezes para retirar todos estes baderneiros candangos de área particular ou estatal que fosse invadida. Mas sei que a culpa não é da polícia, e sim, da justiça que infelizmente ainda é falha neste ponto.
Segundo ponto: Muitos destes "sem terra" tem carro popular do ano em suas garagens obscuras ao governo, fazem isso porque assim como os políticos populistas, querem mais e mais dinheiro.
Terceiro Ponto: sou contra manifestações, greves e pior ainda invasões, que eu ainda continuo achando que são contra a lei (Cadê o MP?). Ao invés de criarem mais de 3 tipos de siglas tolas, por que não vão até a prefeitura e tentam resolver os problemas civilizadamente?

A falsa biografia de Dilma tem mais um parágrafo

Vejam a imagem abaixo:

Esta porcaria muito mal produzida, se encontra no site de Dilma. Sim, aquela guerrilheira que está se candidatando a presidência de nosso país.
Esta imagem não passa de uma montagem, a foto do centro é da atriz Normal Bengel, como se vê na imagem original abaixo, de onde esta foto foi retirada:

A equipe de petralhas que comanda o site de Dilma, recortou a foto original e montou aquela outra, com o intuito de transmitir a nós eleitores, que Dilma participou deste movimento, como uma reivindicalista do bem. Pura lorota.
Esta foi mais uma falcatrua da esquerda suja, que adora manipular as pessoas. Nem para isso eles prestam. Métodos de manipulação de documentos, como este, sempre foram muito usados por ditaduras de esquerda, principalmente na União Soviética. Dilma está adotando estas idéias para sua campanha, assim como Lula adotou para seu governo.
Se já não bastasse a falsa formação acadêmica da guerrilheira mentirosa, agora aparece mais um parágrafo de sua falsa biografia, que ela mesmo escreve.

domingo, 25 de abril de 2010

Che Guevara é um assassino!

Copiei as listas abaixo do Blog de Reinaldo Azevedo. Vale a pena divulgar as atrocidades deste imbecil, e tem mais: O PT está usando a imagem e o idealismo deste cara, para fazer campanha para a guerrilheira Dilma.

A LISTA DOS MORTOS COM ENVOLVIMENTO DIRETO DE GUEVERA
Executados pessoalmente por Che em Sierra Maestra entre 1957 e 1958:
1. Aristio - 10-57
2. Manuel Capitán - 1957
3. Juan Chang - 9-57
4. “Bisco” Echevarría Martínez - 8-57
5. Eutimio Guerra - 2-18-57
6. Dionisio Lebrigio - 9-57
7. Juan Lebrigio - 9-57
8. El ” Negro ” Napoles- 2-18-57
9. “Chicho ” Osorio - 1-17-57
10. Um professor não identificado (“El Maestro”) - 9-57
11-12. Dois irmãos considerados espiões -9-57
13-14 Dois camponeses não-identificados -4-57

Executados pessoalmente por Che ou sob suas ordens durante seu breve comando em Santa Clara (entre os dias 1º e 3 de Janeiro de 1959)

1. Ramón Alba - 1-3-59**
2. José Barroso- 1-59
3. Joaquín Casillas Lumpuy - 1-2-59**
4. Félix Cruz - 1-1-59
5. Alejandro García Olayón - 1-31-59**
6. Héctor Mirabal - 1-59
7. J. Mirabal- 1-59
8. Felix Montano - 1-59
9. Cornelio Rojas - 1-7-59**
10. Vilalla - 1-59
11. Domingo Alvarez Martínez 1-4-59**
12. Cano del Prieto -1-7-59**
13. José Fernández Martínez-1-2-59
14. José Grizel Segura-1-7-59** ( Manacas)
15. Arturo Pérez Pérez-1-24-59**
16. Ricardo Rodríguez Pérez-1-11-59**
17. Francisco Rosell -1-11-59
18. Ignacio Rosell Leyva -1-11-59
19. Antonio Ruíz Beltrán -1-11-59
20. Ramón Santos García-1-12-59
21. Pedro SocarrásS-1-12-59**
22. Manuel Valdés – 1-59
23. Tace José Veláquez -12-59**
**Che ordenou a pena de morte antes de deixar Santa Clara

Execuções documentadas na prisão Fortaleza de la Cabaña, sob o comando de Che, entre 3 de Janeiro e 26 de novembro de 1959
1. Vilau Abreu - 7-3-59
2. Humberto Aguiar - 1959
3. Garmán Aguirre - 1959
4. Pelayo Alayón - 2-59
5. José Luis Alfaro Sierra - 7-1-59
6. Pedro Alfaro - 7-25-59
7. Mriano Alonso - 7-1-59
8. José Alvaro - 3-1-59
9. Alvaro Anguieira Suárez – 1-4-59
10. Aniella - 1959
11. Mario Ares Polo- 1-2-59
12. José Ramón Bacallao - 12-23-59**
13. Severino Barrios - 12-9-59**
14. Eugenio Bécquer - 9-29-59
15. Francisco Bécquer - 7-2-59
16. Ramón Biscet– 7-5-59
17. Roberto Calzadilla - 1959
18. Eufemio Cano - 4-59
19. Juan Capote Fiallo - 5-1-59
20. Antonio Carralero - 2-4-59
21. Gertrudis Castellanos - 5-7-59
22. José Castaño Quevedo - 3-6-59.
23. Raúl Castaño - 5-30-59
24. Eufemio Chala - 12-16-59**
25. José Chamace - 10-15-59
26. José Chamizo - 3-59
27. Raúl Clausell - 1-28-59
28. Angel Clausell - 1-18-59
29. Demetrio Clausell - 1-2-59
30. José Clausell-1-29-59
31. Eloy Contreras- 1-18-59
32. Alberto Corbo - 12-7-59**
33. Emilio Cruz Pérez - 12-7-59**
34. Orestes Cruz – 1959
35. Adalberto Cuevas – 7-2-59**
36. Cuni - 1959
37. Antonio de Beche - 1-5-59
38. Mateo Delgado-12-4-59
39. Armando Delgado - 1-29-59
40. Ramón Despaigne - 1959
41. José Díaz Cabezas 7-30-59
42. Fidel Díaz Marquina – 4-9-59
43. Antonio Duarte - 7-2-59
44. Ramón Fernández Ojeda - 5-29-59
45. Rudy Fernández - 7-30-59
46. Ferrán Alfonso - 1-12-59
47. Salvador Ferrero - 6-29-59
48. Victor Figueredo - 1-59
49. Eduardo Forte - 3-20-59
50. Ugarde Galán - 1959
51. Rafael García Muñiz - 1-20-59
52. Adalberto García 6-6-59
53. Alberto García - 6-6-59
54. Jacinto García - 9-8-59
55. Evelio Gaspar - 12-4-59**
56. Armada Gil y Diez y Diez Cabezas- 12-4-59**
57. José González Malagón - 7-2-59
58. Evaristo Benerio González - 11-14-59
59. Ezequiel González-59
60. Secundino González - 1959
61. Ricardo Luis Grao – 2-3-59
62. Ricardo José Grau - 7-59
63. Oscar Guerra – 3-9-59
64. Julián Hernádez -2-9-59
65. Francisco Hernández Leyva – 4-15-59
66. Antonio Hernández - 2-14-59
67. Gerardo Hernández - 7-26-59
68. Olegario Hernández - 4-23-59
69. Secundino Hernández - 1-59
70. Rodolfo Hernández Falcón – 1-9-59
71. Raúl Herrera -2-18-59
72. Jesús Insua-7-30-59
73. Enrique Izquierdo- 7-3– 59
74. Silvino Junco – 11-15-59
75. Enrique La Rosa- 1959
76. Bonifacio Lasaparla- 1959
77. Jesús Lazo Otaño -1959
78. Ariel Lima Lago – 8-1-59- (Menor)
79. René López Vidal -7-3-59
80. Armando Mas – 2-17-59
81. Ornelio Mata- 1-30-59
82. Evelio Mata Rodriguez- 2-8-59
83. Elpidio Mederos -1-9-59
84. José Medina -5-17-59
85. José Mesa 7-23-59
86. Fidel Mesquía Díaz 7-11-59
87. Juan Manuel Milián - 1959
88. Jose Milián Pérez – 4-3-59
89. Francisco Mirabal – 5-29-59
90. Luis Mirabal - 1959
91. Ernesto Morales - 1959
92. Pedro Morejón – 3-59
93. Carlos Muñoz M.D.- 1959
94. César Nicolardes Rojas- 1-7-59
95. Víctor Nicolardes Rojas- 1-7-59
96. José Nuñez – 3-59
97. Viterbo O’Reilly – 2-27-59
98. Félix Oviedo – 7-21-59
99. Manuel Paneque – 8-16-59
100. Pedro Pedroso – 12-1-59**
101. Diego Pérez Cuesta - 1959
102. Juan Pérez Hernández – 5-29-59
103. Diego Pérez Crela - 4-3-59
104. José Pozo – 1-59
105. Emilio Puebla – 4-30-59
106. Alfredo Pupo – 5-29-59
107. Secundino Ramírez – 4-2-59
108. Ramón Ramos - 4-23-59
109. Pablo Ravelo Jr. – 9-15-59
110. Rubén Rey Alberola – 2-27-59
111. Mario Risquelme – 1-29-59
112. Fernando Rivera – 10-8-59
113. Pablo Rivero- 5-59
114. Manuel Rodríguez – 3-1-59
115. Marcos Rodríguez -7-31-59
116. Nemesio Rodríguez – 7-30-59
117. Pablo Rodriguez – 10-1-59
118. Ricardo Rodriguez – 5-29-59
119. Olegario Rodriguez Fernández-4-23-59
120. José Saldara – 11-9-59
121. Pedro Santana – 2-59
122. Sergio Sierra – 1-9-59
123. Juan Silva – 8-59
124. Fausto Silva – 1-29-59
125. Elpidio Soler- 11-8-59
126. Jseús Sosa Blanco – 2-8-59
127. Renato Sosa- 6-28-59
128. Sergio Sosa – 8-20-59
129. Pedro Soto – 3-20-59
130. Oscar Suárez – 4-30-59
131. Rafael Tarrago – 2-18-59
132. Teodoro Tellez Cisneros- 1-3-59
133. Francisco Tellez-1-3-59
134. José Tin- 1-12-59
135. Francisco Travieso -1959
136. Leonrardo Trujillo – 2-27-59
137. Trujillo - 1959
138. Lupe Valdéz Barbosa – 3-22-59
139. Marcelino Valdéz – 7-21-59
140. Antonio Valentín – 3-22-59
141. Manuel Vázquez-3-22-59
142. Sergio Vázquez-5-29-59
143. Verdecia - 1959
144. Dámaso Zayas -7-23-59
145. José Alvarado -4-22-59
146. Leonoardo Baró- 1-12-59
147. Raúl Concepción Lima - 1959
148. Eladio Caro – 1-4-59
149. Carpintor - 1959
150. Carlos Corvo Martíenz - 1959
151. Juan Guillermo Cossío - 1959
152. Corporal Ortega – 7-11-59
153. Juan Manuel Prieto - 1959
154. Antonio Valdéz Mena – 5-11-59
155. Esteban Lastra – 1-59
156. Juan Felipe Cruz Serafín-6-59**
157. Bonifacio Grasso – 7-59
158. Feliciano Almenares – 12-8-59
159. Antonio Blanco Navarro – 12-10-59**
160. Albeto Carola – 6-5-59
161. Evaristo Guerra- 2-8-59
162. Cristobal Martínez – 1-16-59
163. Pedro Rodríguez – 1-10-59
164. Francisco Trujillo- 2-18-59

sábado, 24 de abril de 2010

Do blog Coturno Noturno



A cada dia que passa, Serra se mostra mais preparado para ser presidente do Brasil. Vejam as entrevistas dele,um homem com tudo na ponta da língua. Vejam as entrevistas de Dilma, que fala tudo errado, sem nexo.

Sanatório Geral - No Blog do Augusto Nunes


“Vim conversar com a dona Marisa, conversas nossas, pessoais. Sempre me aconselho com ela. É uma pessoa que tem uma fortaleza interna e, ao mesmo tempo, uma grande ternura. Aprendi a respeitá-la, a admirá-la e, sobretudo, a saber que ela é uma pessoa especial”.


Dilma Rousseff, à saída de mais um misterioso encontro da autora do Discurso sobre o Nada com a criadora do Discurso no Muro das Lamentações, provando que é perfeitamente possível o diálogo entre quem não fala coisa com coisa e quem não fala coisa nenhuma.

Trecho retirado do Blog de Reinaldo Azevedo

Dossiê:
Na “não-entrevista” (!!!) ao iG, Ciro afirmou que o PT recorreria de novo a coisas como o dossiê dos aloprados. Na entrevista ao SBT Brasil, ele se estendeu um pouco mais: deu a entender que o governo já mobilizou o Ministério da Justiça para tentar envolver o candidato do PSDB à Presidência com supostas irregularidades da Alstom.

Comento:
Os petistas vagabundos vão começar a sujeira toda novamente. Eles não conseguem fazer uma campanha limpa, vão apelar para as demagogias conhecidas pelo povo. Claro que não vão conseguir enganar o povo de novo, ninguém é besta, as pessoas conhecem muito bem quem são os petralhas covardes. E tem mais, ao que tudo indica, José Dirceu é( ou vai ser) um dos coordenadores de campanha de Dilma, aí vocês podem ver o afrontamento que esses hipócritas da esquerda estão armando. Mais um bandido para compor a trupe dos aloprados covardes.

Gasto de Lula com publicidade sobe 48% em 6 anos

Do Estadão.com.br
Desde 2003, início do governo, houve aumento de 1.300% no número de meios de comunicação com propaganda oficial.

A propaganda do governo Luiz Inácio Lula da Silva chegou, no ano passado, a 7.047 veículos de comunicação de todo o País. O número é 1.312% superior ao de 2003, primeiro ano do governo Lula, quando 499 veículos receberam verba para divulgar a publicidade oficial.

De 2003 a 2009, a Presidência da República, ministérios e estatais gastaram R$ 7,7 bilhões com propaganda. Os gastos do ano passado, de R$ 1,17 bilhão, superaram em 48% os R$ 796,2 milhões investidos no primeiro ano de governo.

O aumento expressivo do número de órgãos em que a publicidade oficial é veiculada se deve a uma mudança de estratégia da comunicação do Palácio do Planalto: desde que Lula chegou ao governo, a ordem é regionalizar a propaganda e diversificar as maneiras de fazer o marketing governamental chegar à população. Os veículos que divulgaram publicidade federal em 2009 estão espalhados por 2.184 municípios, contra 182 em 2003.

Valor triplicado. Só com a publicidade institucional da Presidência da República, destinada a difundir a marca e os feitos do governo, foram gastos R$ 124 milhões no ano passado.

O volume é três vezes superior ao de 2003, mas não acompanha, proporcionalmente, a ampliação do número de veículos escolhidos para divulgar a propaganda federal. Isso significa que veículos de comunicação de abrangência nacional tiveram de dividir a verba que recebiam antes com órgãos regionais - alguns deles de pequeno porte, o que inclui rádios e jornais de interior sob controle de políticos de partidos aliados.

Televisão, jornal, rádio e revistas, nesta ordem, foram os meios que mais receberam recursos em 2009. Para emissoras de TV, foram destinados R$ 759,5 milhões, 64% do total. Jornais receberam R$ 115,4 milhões e rádios, R$ 104 milhões.

Maior crescimento. A internet aparece em quarto lugar em valores absolutos, mas é o veículo que registrou o maior crescimento no volume de verbas sob Lula: os gastos do governo com publicidade na rede mundial de computadores saltaram de R$ 11,4 milhões em 2003 para R$ 36, 3 milhões em 2009.

As despesas com propaganda em outdoor são as mais inconstantes nas planilhas da Secom. Curiosamente, de 2003 para cá, os picos de investimento nesse tipo de mídia se deram em 2004 e 2006, anos eleitorais.

Em 2006, quando o presidente Lula concorreu à reeleição, o governo gastou R$ 19,9 milhões com publicidade em outdoors - no ano anterior, 2005, a despesa fora de R$ 7,7 milhões e no ano seguinte, 2007, de R$ 3,4 milhões.

Sete anos. Em 2004, ano em que houve eleições municipais, há outro ponto fora da curva: as despesas chegaram a R$ 21 milhões. Somados, os gastos com publicidade oficial em outdoors nos anos eleitorais de 2004, 2006 e 2008 chegam a 60% da despesa total com esse tipo de mídia ao longo dos sete anos de governo Lula.

Comento:
Está mais do que visível o fato de Lula gastar fortunas com publicidade em anos eleitorais. Está certo que é tudo em vão, porque vão mostrar o que nas campanhas? Os projetos de continuidade que Lula copiou de FHC?

Mercadante e seu Mercado

Trecho do Estadão.com.br
SÃO PAULO - O senador Aloizio Mercadante (PT) aponta a alta popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o "colapso da gestão tucana em São Paulo" como os eixos de sustentação de sua pré-candidatura ao governo, que será lançada neste sábado, 23, na quadra do Sindicato dos Bancários, em São Paulo, ao lado de Marta Suplicy, que concorrerá ao Senado. O evento contará ainda com a presença de Lula e da pré-candidata petista à sucessão, a ex-ministra Dilma Rousseff. "O melhor momento para disputarmos o governo de São Paulo é esta eleição", disse, em entrevista ao Estado.

Apesar de há semanas ter sido enfático sobre a decisão de disputar a reeleição ao Senado, Mercadante justifica a abrupta mudança por conta da unidade atípica construída no PT após Ciro Gomes (PSB) ter descartado a candidatura no Estado e pelo cenário que possibilitou a ampliação da aliança ao centro.

O petista promete um programa de governo inovador para superar o "esgotamento do PSDB" e elege educação, transporte e segurança pública como áreas estratégicas. Defenderá, por exemplo, a universalização da banda larga nas escolas públicas e o monitoramento eletrônico de presos. Ele admite, ainda, que o tema "enchentes" será estratégico e "evidentemente abordado".

Sobre o caso do dossiê, que o chamuscou em 2006, reconhece deslizes do PT e nega que contará com apoio dos "aloprados", que coordenavam sua campanha e tentaram comprar papéis contra tucanos.

Comento:
Mercadante não contará com o apoio dos aloprados, o que me espanta é ele não se considerar um. Segundo ele, foram os coordenadores de campanha que tentaram comprar papéis contra os tucanos, então, Mercadante não sabia de nada? Agora ele vai adotar a fala de Lula, que no mesmo período dizia também que de nada sabia.
Mercadante acha que o governo é um Mercado, quer governar igual o Lulão, ou seja, quer afundar o setor público.

Outro trecho exclusivo do Estadão.com.br.
SÃO PAULO - Petistas e tucanos travam nessas eleições gerais a batalha pela preferência do voto do eleitorado. Mas, em termos de slogan, as duas legendas estão mais próximas do que nunca. Depois do bordão "O Brasil pode mais" utilizado pelo presidenciável do PSDB, José Serra, no lançamento de sua pré-campanha, o PT paulista - que enfrenta a difícil missão de quebrar a hegemonia de 15 anos dos tucanos no Estado - também decidiu apostar nesse mote. Documento que reúne as diretrizes do partido para tentar eleger o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) ao Palácio dos Bandeirantes, obtido com exclusividade pela Agência Estado, prega que "Em São Paulo muito mais é possível".

Comento:
Dilma já copiou Serr, agora é a vez do Sr.Mercadante ter seu momento plágio. A falta de criatividade é impressionante. Os marqueteiros do PT nem para isso prestam, até quando roubam são incompetentes, pois nós sempre descobrimos as falcatruas.
O PT se entrega a cada dia que passa, os escândalos estão aí para todos verem.
Nunca na história deste país houve tanta maracutaia, e agora, se a guerrilheira Dilma ganhar, se preparem, pois ela aplicará suas estratégias de guerra para tentar fazer algo por este país. Vocês acham que uma bandida na frente desta nação é uma boa idéia?

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Dilma e as mulheres

As pesquisas eleitorais divergem em muita coisa, menos numa: as mulheres preferem Serra. Na pesquisa do Ibope divulgada anteontem, por exemplo, Serra aparece com onze pontos percentuais a mais que Dilma quando computados os votos apenas das mulheres.
Trecho do blog Radar on-line.
Nem com isso o PT ganha!

Café de la droite no twitter


Caros amigos, o blog agora tem twitter. Não deixe de seguir!!!!
http://twitter.com/cafedeladroite

quinta-feira, 22 de abril de 2010

A guerrilheira!


Imagem do Blog Coturno Noturno
Preciso comentar?

Respostas que definem personalidades


Vejam a imbecilidade de Dilma. É algo surpreendente. A cada dia que passa essa mulher fica mais louca, não consegue responder perguntas fundamentais com racionalidade, só fala besteira, e como sempre, apoia o ditador barbudo.
Agora, vocês querem uma guerrilheira para governar o Brasil?

Analfabetismo funcional e político

Estava tentando assistir neste momento, a entrevista que D.Dilma concedeu ao jornalista Datena. É impossível assistir 3 minutos, e explico os motivos:
Dilma é singular. Tudo o que ela diz, em quantidades, não existe o "s" no final das palavras em sua pronúncia. Ela deve ter algum problema de fala, ou melhor, de escola. Uma mulher que enganou o país inteiro com relação a sua formação acadêmica, não poderia ser uma expert em língua portuguesa. Dilma é um sarro, esta mulher me faz rir com seu despreparo. Ela não sabe falar em público, não sabe administrar, não sabe nem roubar, pois foi presa pelos crimes que cometeu em tempos atrás. E não pensem vocês que ela deixou de ser uma guerrilheira. O que muda neste contexto é a modernidade, pois Dilma continua sendo uma adepta aos métodos de guerrilha, porém, prega uma guerrilha ideológica, não armada com armas de fogo, mas com palavras mal pronunciadas, o que é pior.
Não sei como tem gente que acredita nesta analfabeta funcional e política. Uma mulher com passagens pela polícia, com apreços pela ditadura, com obscuridades acadêmicas, com um currículo mais sujo do que um curral. Sinceramente meus amigos, se esta mulher for governar este país, eu vou para o exílio, um exílio particular.

Não dá para entender o que o povo brasileiro quer e vê em Lula. Um dos maiores picaretas de todos os tempos, que sujou nossa imagem, a imagem de brasileiros inteligentes, compromissados e preocupados com os direitos humanos, sociais e constitucionais, que Lula fez questão de contradizer, impondo sua ideologia de "tudo está errado e sou eu que vou consertar".
Não podemos permitir que Dilma dê continuidade a este retrocesso íntegro que Lula instaurou no Brasil. Está na hora de mudar, o Brasil pode mais.

Os movimentos canalhas

Em uma entrevista ao Jornal do SBT, que foi ao ar ontem, José Serra disse que o MST vive de dinheiro governamental. Além de ter dito a verdade, Serra tem consciência da atuação em massa do poder judiciário no que diz respeito ao combate nas ilegalidades ocorridas nestes movimentos imbecis.
A Revista Veja, em uma de suas edições, publicou toda a falcatrua que banca movimentos como o MST, que são apoiados integralmente por Lula, Dilma e todo o PT. A falta de vergonha na cara é tão grande, que eles deixam isso explicitamente claro, sem qualquer receio, como se isso fosse algo legítimo, bonito de ser apresentado à sociedade.
Por isso, volto a dizer, que é um tamanho tapa na cara da sociedade esta tal de Dilma Roussef, que alimenta um currículo de guerrilhas, prisões e falcatruas.
O país vive um massacre ético e moral, que vai totalmente contra uma nação de respeito e progresso. Se continuarmos assim, vamos aumentar significativamente o retrocesso no comando dos petralhas canalhas. É isso que vocês querem para o país?

Cinema

Depois de mais de 30 anos, Vera Cruz volta a produzir longas

O título acima refere-se à uma matéria da Folha. A Vera Cruz está voltando a produzir filmes depois de 33 anos de silêncio. Neste tempo todo, as organizações Globo dominaram o comércio cinematográfico brasileiro, com produções dirigidas especialmente para o público infantil, com base nas lorotas de Renato Aragão e Xuxa. Mas enfim, os filmes que eles produzem são altamente comerciais; dentro desta perspectiva, está tudo muito certo.

O Cinema Novo surgiu exatamente para quebrar o monópolio do cinema instaurado pela Vera Cruz nos anos 60. Foi uma das maiores facetas dos verdadeiros cineastas. Eu adoro Cinema Novo, apesar de não ter acompanhado os filmes (mal vejo TV), estou sempre lendo sobre este período, e as idéias compartilham exatamente daquilo que se encaixa no contexto cotidiano do nosso povo: "Pouco dinheiro e uma câmera na mão", é assim que se faz cinema.
Se hoje em dia nós temos um preconceito com relação as produções nacionais, devemos isso a este monopólio falido de produções onde os atores da novela são as "revelações" das telonas.
O cinema nos métodos do Cinema Novo ainda é visível em espaços que valorizam a cultura. São Paulo tem muito disso. Alguns festivais de curtas, dão muito valor a este tipo de produção. Por isso, vamos dizer sim à um NOVO CINEMA NOVO!

Parabéns à Vera Cruz por ter voltado, só espero que não se iguale aos meios da Rede Globo de produções cinematográficas.

Ritmo

Queridos leitores,
Boa tarde!

Depois de alguns dias sem postar, estou de volta. Gostaria de pedir desculpas pela ausência, mas estou com uma série de compromissos e reuniões que não posso desmarcar, afinal, tenho de conciliar minha vida pessoal com a escola(são muitas atividades que desenvolvo lá e agora serão mais ainda), com o blog e também com o francês, que iniciarei brevemente.
Claro que não vou abondanar vocês, continuarei sempre por aqui e conto com cada leitor para aperfeiçoar cada vez mais este espaço de política, sociedade e cultura, que só tem a ganhar com essas análises que vocês me ajudam a desenvolver através dos comentários. Contudo, reduzirei o número de posts, o que facilita a maior leitura de vocês, também.
Mas seguimos juntos em uma país CONTRA os tolos!

Doravante.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

A imbecilidade não será televisionada!

Foto da Folha Online.

Hugo Chávez participa do desfile militar em Caracas pelas comemorações dos 200 anos da Independência da Venezuela.

Comento:
Independência?

Quando eu falo.....

Matéria da Veja.com. Depois comento.

Quase 80% dos americanos desconfiam do governo Obama

Quase 80% dos americanos dizem desconfiar do governo de Barack Obama, segundo pesquisa do Pew Research Center. É o maior nível em 50 anos. Pouco mais de 22% da população diz confiar no governo "praticamente sempre" ou "na maioria das vezes".

De acordo com o relatório, o baixo índice pode ter sido influenciado pela incerteza econômica em razão da crise financeira mundial e pelo descontentamento geral com o Congresso americano e com os políticos em geral. O exaustivo debate sobre a reforma da saúde também pode ter contribuído, segundo o documento, para uma imagem negativa do governo.

A pesquisa foi elaborada a partir de entrevistas feitas a 5.000 pessoas, de 11 de março a 11 de abril. Menos da metade - 40% - disse que a administração Obama está fazendo um trabalho excelente ou bom. E apenas 25% têm opinião favorável do Congresso - o mais baixo nível em 25 anos de pesquisas. Dos entrevistados, 56% expressaram frustração com o governo federal e 21% disseram sentir raiva.

Comento:

Quando eu falo, ninguém acredita. Só criticam!!!!Agora vejam as provas. Eu sempre disse que os democratas não são aptos para governar os EUA, o país deveria estar sendo administrado pelos Republicanos. Mas não, me chamam de tudo, falam que sou idiota. Vejam agora as provas senhores petralhas.

Óbvio do óbvio

Trecho de uma matéria na Veja.com. Depois comento.
Fast food torna as pessoas mais impacientes
Comer fast food torna as pessoas mais impacientes, revelou um estudo recente que será publicado no jornal Psychological Science. De acordo com os pesquisadores, também se perde a motivação para poupar dinheiro, já que a preocupação passa a ser a busca por uma gratificação imediata, não importa a que preço.

Comento:
O fast food tem o objetivo de ser rápido, fácil e sem enrolação. Claro que consequência desse luxo, é o preço que se paga. Até agora não entendi a surpresa nisso.

Leiam abaixo: Análises da Virada Cultural 2009

Abaixo, vocês encontrarão 7 textos com fotos da Virada Cultural do ano passado, que preparei especialmente para vocês, leitores.
Já estou me preparando para a Virada Cultural deste ano. Conto com o apoio de vocês nos comentários.
Vocês são essenciais para o pleno funcionamento da mente de Tio Iago José, ou Tio Zé, como alguns chamam, ou, para a maioria: Iago José.
Forte abraço a todos, boa leitura!

Fotos que refletem o mesmo lugar

Fotos tiradas durante a Virada Cultural 2009, na Avenida São João.
Zé Geraldo faz seu show, próximo aos prédios velhos que compõem o cenário do centro antigo de Sampa. Muito interessante.

Estava em uma praça, em frente a este hotel, que não sei por qual motivo, ainda está funcionando. É um prédio velho, em ruínas, inspirador. É fonte de estudo, pois reflete nitidamente aquela região, ao som dos músicos populares, meio ao povo aglomerado procurando um espaço ao vento. Este local, se aproxima da Cracolância, e acreditem, não vi em nenhum momento, agressões ou repressões, aliás, nem ocorrências policiais eu presenciei. Sabem o que é isso? União das tribos em prol de uma cultura para todos, que demonstre a identidade cultural de cada um, independente de raça, cor ou credo. É um respeito mútuo, que não se explica quando se analisa as necessidades sociais. Só algo como a Virada Cultural para despertar sentimentos nas pessoas, devaneios que comportam textos e mais textos, análises e mais análises, proficuidades ou não, que coloco aqui no blog, à disposição do mundo, dou minha cara a tapas, quero ver o que povo sente, o que o povo pensa, em que país eu estou, se realmente faço parte dessa massa, como diz o poeta. Sim, eu sou brasileiro!

Gênio Tom Zé

O post de número 300 deste blog não poderia ser sobre outra pessoa a não ser Tom Zé, o gênio da música popular brasileira, que tanto admiro. Sou fã número um deste cara, que até hoje, revoluciona o mercado musical dentro e fora do Brasil, com canções de altíssima proficiência, que me levam a reflexão, que fogem do marasmo da massa que chamam de música. Não existe um gênio que supere Tom Zé, existem gênios semelhantes, mas Tom é único, é singular, é o máximo. Ele é o extremo daquilo que se pode chamar de cultura. Não tem para ninguém. Seus shows são aulas, não são shows.
Na virada do ano passado, devido ao grande público que foi prestigar Tom, não consegui adentrar no Municipal. Fiquei do lado de fora, acompanhando pelo telão, vendo corpo-a-corpo a reação das pessoas diante de um mestre da arte de fazer cultura. E olha, foi uma experiência suprema, muito útil, que carrego para minha vida. Tom Zé não é cantor, não é compositor, é uma ideologia. Parabéns!
Vejam algumas fotos:




Geraldo Azevedo!

Sim, ele estava na Virada Cultural. Vejam o nível das apresentações.
No palco principal, Geraldo Azevedo se apresentou, Avenida São João, e lá estava ele, levando multidões ao delírio. Multidões sim senhores, vejam nas fotos abaixo a quantidade de pessoas que assistia ao show pelo telão, pois era impossível chegar próximo ao palco, devido ao número de pessoas. Quem pode, pode né!
Geraldo é gênio.




Maluco Beleza

Caraca Tio Zé...Pensei que só você fosse meio louco.... = É amigos leitores, eu não sou o único!!!!

Este é um maluco beleza, não tem definição melhor, tem? De tudo você vê, tudo pode ser visto na Virada. Esta é a Avenida São João, sim, aquela da música de Caetano. E diga-se de passagem: Que avenida.
Bom, sou meio louco, mas não chego a este ponto da necessidade de ser visto e conclamado. Sei lá, há quem goste. O fato é que este homem estava lá, chamando atenção de poucos, competindo com Geraldo Azevedo. Vocês acham que ele recebeu atenção? A minha pelo menos não, só tirei essa foto, e fui logo ver a Dona na minha cabeça, do gênio Geraldo.

Você é brasileiro

Tem gente que não dá valor no show, estou errado?
Vejam o Teatro Municipal de SP, plena madrugada de sábado para domingo, por volta de meia-noite, Tom Zé iniciava sua apresentação, a fila era quilômétrica, não havia teatro que aguentasse a quantidade de gente que queria participar dos shows de grandes nomes da música popular brasileira, que se apresentaram especialmente no Municipal, trazendo de volta, grandes discografias de sucesso.

Quem diz não ter acesso à cultura hoje em dia, não passa de um demagogo barato. Vejam como é possível ver grandes nomes, por quase nada, ou nada. A virada é de graça, é feita pelo povo, para o povo. Músicos que fazem a música popular, são como nós, cidadãos que pensam, que curtem uma boa vida, vida boa, com música boa, cheia de boas reflexões, com cotidiano envolvido, realidade. Realidade que você paga, ou não? Disse no começo que era de graça, será mesmo? Bom, eu pago meus impostos.

Sabe o que é mais bacana? Vejam nas fotos, a quantidade de gente, que veio do país inteiro, para prestigiar a cultura nacional. São pessoas, que assim como eu e você, fazem valer a nossa cidadania. Muitos podem não aceitar suas raízes culturais, mas tem sim de admitir que existe uma identidade que faz com que você exista e faça parte deste mundo.

O Teatro Municipal estava em reforma neste dia, mas nada impediu a presença em massa das pessoas, nobres cidadãos, que faço questão de cumprimentar, de apertar a mão de cada um e dizer: Você é brasileiro.

São Paulo não tem fronteiras, onde canta o Sábia!


Para os loucos, iguais a "eu", Tio Zé, o cara que vê na calçada um análise social. Vejam bem: Galeria do Rock, fechada com "tapume", sei lá que "coiso" é isso, tapado do vento, dos rumos sem movimento do vandalismo exacerbado que contamina a sociedade. É, nada normal nisso, mas enfim, a sociedade cava seu próprio juízo.
Eu não me lembro bem, mas estive em um restaurante quase em frente a Galeira do Rock, point nacional dos rockeiros, que na maior parte, são seguidores daquilo que não conhecem. Minha memória não está boa, mas me lembro dos poucos na frente da galeria, que com suas portas fechadas mostrou sua insensatez em se inscrever nas galerias de evento que contaminaram com sua beleza e cultura a noite mais cultural e badalada da capital garoense. É uma pena, seria um tapa na cara dos rockeiros fúteis, que mancham a imagem dos verdadeiros rockeiros, que também são muitos, meus amigos, parceiros de devaneios, mais fortes, mas parceiros.

Análises da Virada.... Prefácio!


Alô Alô pessoal da cultura, estamos chegando com as análises culturais.....
Prometi a vocês que escreveria sobre meus pensamentos durante a Virada Cultural do ano passado, não foi? Pois bem, Tio Zé(como sou carinhosamente chamado por alguns amigos) já chegou!!!!
No início da frase eu disse "estamos chegando", porque venho acompanhado de fotografias, que eu mesmo tirei durante a madrugada, na Virada (até rimou).
Vou deixar um pouco a política de lado, vamos partir para algo mais inspirador, que nos leva aos devaneios da vida, que nos faz pensar o motivo de nossa existência, para quê estamos aqui? Qual nossa função nesta sociedade, dentro da perspectiva que cada um quer seguir? Belchior diz "Eu não estou interessado Em nenhuma teoria Nem nessas coisas do oriente Romances astrais A minha alucinação É suportar o dia-a-dia E meu delírio É a experiência Com coisas reais.."
A foto que ilustra o início deste post, é do célebre livro "Lula é minha anta", do genial, Mainardi. Este livro ilustra muito bem as picaretagens do barbudo e sua trupe de circenses farofeiros. Mas como disse, vamos evitar política, só para reforçar que quando estive na virada, estava lendo esta obra, magnífica.


Vou de bicicleta onde quero chegar, a pé também é o melhor destino, para que andar de carro, se tenho o metrô? Nada impede, o mundo é amplo, a França já adotou as "bikes", como costumam dizer os cretinos da América Central. Vamos nós também fazer o nosso bem, não o bem alheio, que também é relativo, casual, não convencional. Tudo é parte de um show, produzido por você!

domingo, 18 de abril de 2010

A vida é singular


A vida é singular,
O meu individualismo é inspirador, pensante de devaneios,
inutilidades que fazem vender o papel,
viram músicas,
duetos para os ouvidos de quem se faz igual a mim.
Só quem é do meio entende o recado, não profícuo, passageiro,
Não-literário, que só informa, não faz pensar se analisar.
O plural não existe, monossílabas fazem o mundo que vejo passar,
Se existe pluralidade, não me importa, nem me interessa,
Neste momento de alucinações que me prendo no cotidiano, que só me importa e nada mais.

Um gênio


Eu não estou interessado
Em nenhuma teoria
Nem nessas coisas do oriente
Romances astrais
A minha alucinação
É suportar o dia-a-dia
E meu delírio
É a experiência
Com coisas reais...

Belchior

VIRADA CULTURAL!!!


Queridos amigos, a Virada Cultural 2010 está chegando. Estive na Virada do ano passado, e a partir de amanhã, farei análises de alguns dos eventos e lugares que fui durante às 24horas, junto com imagens para ilustrar cada texto. E vamos nos preparando pois o maior evento cultural do país começa em maio.
Vamos juntos!

Doravante....

PSDB aprova Candidatura de Geraldo Alckmin para Governo de São Paulo

Por Eleicao2010.net. Depois comento.
O pré-candidato do PSDB ao governo de São Paulo, é o ex-governador Geraldo Alckmin, conforme ficou definido na última segunda-feira, 12 de abril, após reunião do partido.

O nome de Alckmin passará por convenção em junho deste ano e o lançamento da sua pré-candidatura para o governo paulista já está previsto para o dia 29 de abril, que contará com a presença do pré-candidato à presidência da república, José Serra, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Além disso, também será neste dia que o DEM aproveitará para firmar seu apoio ao PSDB e lançará o nome de Guilherme Afif Domingos para ser vice de Alckmin. De acordo com a última pesquisa realizada pela Datafolha, em março, Geraldo Alckmin lidera a preferência entre os eleitores de São Paulo, apresentando 53% das intenções de voto.

Comento:
Alckmin já governou nosso estado com toda sua proficiência e credibilidade como político e cidadão. Está na hora dele voltar.
Com José Serra na presidência e Geraldo Alckmin no Estado, São Paulo só tem a ganhar com uma parceria de sucesso, que conduzirá o país à novos rumos de progresso.

Datafolha: Serra 38%, Dilma 28%

Informações sobre a última pesquisa.

Segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 15 e 16, José Serra (PSDB) registrou 38% das intenções de voto contra 28% de Dilma Rousseff (PT), informa a Folha de S. Paulo.

No final de março, Serra tinha 36% e Dilma marcava 27% no Datafolha. A vantagem do tucano era de nove pontos. Agora, é de dez pontos.

Do ponto de vista estatístico, o quadro não sofreu alteração – a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nesse mesmo cenário, Marina Silva (PV) teve 10% das intenções de voto. É seguida por Ciro Gomes (PSB), com 9%. Em março, Marina tinha 8%. Ciro estava com 11%. Essas oscilações estão também dentro da margem de erro.

Segundo o Datafolha, 7% dos entrevistados respondem que votarão em branco, nulo ou em nenhum. Outros 8% dizem ainda estar indecisos.

Quando Ciro Gomes é retirado do quadro de candidatos – há ainda dúvidas se o PSB vai lançá-lo oficialmente -, a diferença entre Serra e Dilma alarga-se um pouco. O tucano fica com 42% contra 30% da petista – uma distância de 12 pontos.

Ou seja, Serra “herda” quatro pontos de Ciro. Já Dilma fica com dois pontos a mais sem o candidato do PSB no páreo. Marina Silva vai a 12% (ganho de dois pontos).

Nesse cenário, há 8% de indecisos e também 8% dizendo votar em branco, nulo ou em nenhum.

O Datafolha realizou esta pesquisa agora porque também havia feito um levantamento em 24 e 25 de fevereiro, cinco dias após o lançamento oficial da candidatura da petista Dilma Rousseff.

Agora, a coleta dos dados se dá também cinco dias após a festa do PSDB para José Serra se lançar na disputa.

Pela primeira vez, Ciro Gomes fica numericamente atrás de Marina Silva, embora do ponto de vista estatístico ambos estejam empatados.

Numa simulação de segundo turno, Serra tem 50% e Dilma fica com 40%. No final de março, os percentuais eram 48% e 39%. A variação se deu, portanto, dentro da margem de erro.

O Datafolha testou também um eventual segundo turno entre Dilma e Ciro. A petista marcou 47% contra 36% do deputado do PSB

sábado, 17 de abril de 2010

Novamente Integralismo!

Amigos leitores, escrevi à poucos dias, um especial sobre integralismo aqui no blog.
Volto hoje neste assunto, para pontuarmos algumas definições e alguns pontos de vista que defendo.

A imagem acima deixa claro o slogan de que sem integralismo, não existe nacionalismo. Se formos analisar bem a situação, isso é verdade. O capitalismo, dentro de sua ampla proficuidade, estabelece diversas diretrizes de sistema, uma delas, é a valorização da riqueza estrangeira, dos produtos e mercados internacionais, incorporados à nação. Isto no entanto, se opõem ao nacionalismo, que tem como objetivo a valorização integral de tudo o que é produzido e desenvolvido no país, sem interferência dos estrangeirismos, sejam eles, em qualquer escala de análise.
O integralismo, não compactua nem com o socialismo, nem com o capitalismo, mas defende a propriedade privada. A ideologia integralista, diz que socialismo e capitalismo são resultados de uma mesma base ideológica, como mostra o trecho abaixo:
O Integralismo brasileiro ideologicamente não aceita o capitalismo, defende a propriedade privada, o resgate da cultura nacional, o moralismo, valoriza o nacionalismo, os valores morais prática cristã, o princípio da autoridade (e portanto a estrutura hierárquica da sociedade), o combate ao comunismo e ao liberalismo econômico, por mais dicotômico que isso possa parecer.
Ou seja, eles acreditam que a propriedade privada é essencial para o desenvolvimento de uma nação, onde o produto e mercado nacional seja extremamente valorizado, porém, não acreditam na ideologia nua e crua do capitalismo, assim, defendem um intervencionismo estatal para que o sistema econômico funcione devidamente, como todos os meios básicos da sociedade (cultura, saúde, imprensa, etc).
Contudo, acham que a ação fiscalizadora do Estado é necessária, sendo contra o liberalismo, que defende a ação mínima estatal.

Meu ponto de vista é o seguinte: Acredito que o integralismo é um movimento que mudaria o atual cenário político do Brasil, porém, necessita de algumas reformas. Acredito sim no liberalismo, mas acho importante a fiscalização do estado, para que a economia, assim como todos os setores da gestão pública não fiquem a mercê dos grandes empresários.
Contudo, para que o integralismo seja aplicado nos dias de hoje, é necessário algumas aceitações, por exemplo: Não podemos proibir a veiculação de conteúdo cultural norte-americano na televisão, mesmo este sendo um tremendo monturo de bobagens. O novo integralismo teria de defender sim o nacionalismo e batalhar para que ele atingisse as pessoas de forma democrática, sem censura e restrições. As pessoas podem escolher se querem continuar sendo massificas pelo poder americano, ou, se querem acreditar e valorizar os métodos culturais de nossa nação. Tudo deve ser realizado dentro de uma perspectiva que valorize o direito de escolha de cada indivíduo. Nestes moldes, eu sou sim a favor do INTEGRALISMO.

A favela é boa para a esquerda!


Li agora uma entrevista do economista Sérgio Besserman, que já foi presidente do IBGE. Ele afirma que a culpa das favelas é do populismo.
Está corretíssimo, e explico o motivo:
Assim como ele afirmou em entrevista, os políticos populistas, vêem na favela, um curral de votos, que mantém através de tratamentos fora do comum.
Os moradores de favela são tratados como especiais por toda a sociedade, como se eles fossem diferentes dos outros. Quando se impede a entrada da polícia nos morros, se impede também o combate à violência, acarretando no crescente aumento da mesma. Os moradores de morros, ganham o direito de serem tratados de maneira diferente, como se fossem os excluídos da sociedade moderna, o que faz com que os demagogos da esquerda, ganhem votos em cima da desgraça alheia.
Tudo isso é fruto de interesses políticos e nada mais. Enquanto houverem esquerdistas, haverão miseráveis e moradores pobres em favelas. Isso gera voto, gera riqueza política e sustenta a base podre do esquerdismo nacional.
Qual seria a solução? Acabar com os barracos, extinguindo as favelas, mas não do jeito que o prefeito do Rio de Janeiro está fazendo neste momento de desespero, que garante sua imagem de salvador da pátria, afinal, as eleições estão aí.

O barbudo picareta está de volta!


Da Veja. Depois comento.
Desde que ajudou a eleger o presidente Lula, em 2002, uma maldição se abateu sobre o publicitário baiano José Eduardo Cavalcanti de Mendonça, o Duda Mendonça. Supersticioso e excêntrico, mas celebrado como um mago das urnas até pelos adversários mais críticos, Duda foi preso dois anos depois da eleição acusado de participar de um campeonato de briga de galos - hobby ilegal que ele praticava no Rio de Janeiro, mas que era pinto diante do que estava por vir. Em 2005, em depoimento à CPI que investigou o escândalo do mensalão, Duda admitiu a participação em um crime muito mais grave. Ele confessou ter recebido 10,5 milhões de reais do PT em uma conta clandestina nas Bahamas, como parte do pagamento pelo trabalho na campanha do presidente Lula. Supostamente decepcionado com a sujeira na política e réu por lavagem de dinheiro e evasão de divisas, Duda, na época, prometeu abandonar as campanhas eleitorais, mas logo mudou de ideia. Após ensaiar um retorno como consultor em 2006, o marqueteiro elegeu 2010 o ano de sua volta ao mundo das refregas eleitorais. Duda já se insinuou para dois presidenciáveis (Dilma Rousseff e Ciro Gomes), negocia com sete candidatos a governador e já está trabalhando para um deles. Entre os que pagarão pelos seus talentos deve figurar até mesmo o presidente da CPI que o investigou, o senador petista Delcídio Amaral.

Comento:
Estão vendo como os barbudos sempre estão do mesmo lado? Lula, Vaccari e Duda, o trio parada dura, os donos da barba, da corrupção, cara de pau e picaretagem.

A frase que define Serra


Veja perguntou. Olhe o que o nobre José Serra respondeu:

Qual seria a frase que o definiria?
"Na vida, ninguém fracassa tanto quanto acredita nem tem todo o sucesso que imagina", de Joseph Rudyard Kipling, via Jorge Luis Borges. Trata-se de uma reflexão que levo muito em conta – minha vida, aliás, é uma ilustração disso. Tê-la em mente permite que sejamos mais humildes nas vitórias e mais altivos nas derrotas. E há uma frase que complementa essa: "O único limite às nossas realizações futuras são as nossas dúvidas no presente. Vamos adiante com fé", do presidente americano Franklin Delano Roosevelt. Para mim, a política não é a arte do possível, mas a arte de ampliar os limites conhecidos do possível.

Governo FHC, síntese!

Seguem abaixo alguns trechos dos feitos do Governo FHC. Para aqueles que criticam certos pontos, vale a pena ler e pesquisar mais sobre o assunto. O governo Lula é sim de continuidade, e nada teria sido feito, se não fosse por medidas criadas por FHC. Basta pesquisar senhores petralhas imbecis.

No que se refere às reformas, o governo conseguiu que o Congresso Nacional aprovasse a quebra dos monopólios estatais nas áreas de comunicação e petróleo, bem como a eliminação de restrições ao capital estrangeiro. A ampla política de privatização de empresas estatais renovou o país, por exemplo, nas áreas de telefonia e de extração e comercialização de minérios.

O governo também cuidou que projetos de mudanças mais consistentes na estrutura e no funcionamento do Estado brasileiro fossem encaminhados a partir da discussão das reformas tributária e fiscal, da previdência social e dos direitos trabalhistas. O argumento era de que essas reformas e mudanças administrativas tinham por objetivo fomentar a modernização das estruturas estatais, a fim de sustentar o desenvolvimento econômico e a integração do país no mercado mundial.

Apesar das várias crises externas que impactaram a economia brasileira durante o período, graças à continuidade do Plano Real a inflação se manteve baixa, na casa de um dígito percentual anual, e assim continuou pelos anos seguintes.

O governo Fernando Henrique Cardoso rebateu as críticas, demonstrando que foram implementadas uma série de políticas sociais de transferência de renda para as populações mais pobres, através de programas como o bolsa-escola, o vale-gás e o bolsa-alimentação.

Avanços significativos foram alcançados nas áreas da educação, saúde (com a distribuição gratuita de medicamentos contra a AIDS e a criação dos remédios genéricos, vendidos a preços baixíssimos) e principalmente na questão agrária (com a implementação de um sólido programa de reforma agrária).

Apesar das críticas dos partidos de oposição às alianças políticas do governo, foi a forte base parlamentar de apoio a Fernando Henrique Cardoso que contribuiu decisivamente para a estabilidade política, um dos traços importantes da gestão FHC, pois, além de assegurar a governabilidade, consolidou a jovem e frágil democracia brasileira.
Fonte: Uol Educação.

PS: Existe muito mais a ser mostrado quando se analisa pasta por pasta da gestão de FHC. Esta foi apenas uma síntese para calar a boquita de alguns radicais da esquerda, que se contentam com o discurso pobre e demagogo do PT.

Capa da Revista Veja desta semana!